Pós-Graduação em Direito Da Infância e Juventude

00
0 Inscritos

Curso De Status

0%
O curso de Pós-Graduação em Direito da Infância e Juventude estuda os direitos da criança e do adolescente de forma sistematizada possibilitando a plena compreensão da doutrina de proteção integral presente no Estatuto da Criança e do Adolescente.

    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

    CADASTRE-SE PARA RECEBER UMA OFERTA ESPECIAL!⠀⠀⠀⠀⠀⠀

    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀





    Grade do curso

     

    • Metodologia Científica
    • A Psicologia Jurídica e Proteção das Crianças e dos Adolescentes
    • Conselheiros Tutelares Atuação Prática
    • Direito à Saúde das Crianças e Adolescentes
    • Políticas Públicas e a Proteção Integral para a Infância e a Juventude no Brasil
    • Proteção Integral à Infância e a Juventude Marcos Regulatórios do Eca
    • Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente

    O Que Vou Aprender?

    • Compreender em que consiste o Estatuto Da Criança e do Adolescente como doutrina de proteção integral, minudenciar os direitos fundamentais da criança e do adolescente, enfatizando o direito a convencia familiar e as várias modalidades de família: natural, ampliada e substituta.

    Tópicos do curso

    420h

    Metodologia Científica

    A Psicologia Jurídica e Proteção das Crianças e dos Adolescentes

    Conselheiros Tutelares Atuação Prática

    Direito à Saúde das Crianças e Adolescentes

    Políticas Públicas e a Proteção Integral para a Infância e a Juventude no Brasil

    Sobre o professor

    0 (0 classificações)

    302 Cursos

    0 alunos

    R$799,00

    Certificado

    • Certificados emitidos por IES credenciada pelo MEC.
    Duração: 420h
    Palestras: 0
    Alunos: Max. 0
    Sistema: Moodle
    Idioma: Inglês
    Certificado: Sim

    Metodologia

    • A Intervale possui um portal de ensino à distância especializado e interativo, composto de apostilas, vídeos e avaliações online.

    Público-alvo

    • O curso é destinado aos profissionais da área jurídica (advogados, procuradores, membros do Ministério Público), assim como para profissionais de áreas correlatas ao Direito da Família: psicólogos, assistentes sociais, e demais interessados na área.